Influência de escolares participantes de um programa de educação nas práticas diárias de saúde bucal em seu ambiente familiar

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0367.2021v42n2p145

Palavras-chave:

Educação em saúde bucal, Promoção da saúde, Serviços de saúde escolar

Resumo

Este estudo objetivou verificar a influência de escolares participantes de um programa de educação em saúde bucal nas práticas diárias de sua família, por meio da percepção de seus pais e/ou responsáveis legais. A pesquisa, caracterizada como um estudo exploratório descritivo com abordagem quanti-qualitativa, foi composta por 146 pais e/ou responsáveis de escolares com idade entre 4-12 anos. Os dados foram coletados por meio de questionário estruturado, autoaplicado, com perguntas abertas e fechadas. As questões propostas abordaram conhecimento por parte dos pais sobre as atividades de educação em saúde bucal realizadas na escola, a importância que os mesmos atribuem a essas atividades, bem como o aprendizado com os filhos e a existência de mudança de hábitos em casa. Ao todo, 86% dos entrevistados tinham conhecimento das atividades educativas e preventivas desenvolvidas na escola e todos relataram ser importante tais atividades, principalmente no que se refere à saúde, cuidado e orientação das crianças. A maioria dos participantes da pesquisa (75%) relatou ter aprendido algo referente à saúde bucal com seus filhos, e desses, 30% citaram a escovação como sendo o fator de maior aprendizado. Além disso, 76% relataram a existência de mudanças nos hábitos de saúde bucal de sua família. Pode-se concluir que os escolares foram capazes de transmitir o conhecimento adquirido na escola para seus familiares, o que pode contribuir para a mudança da rotina de saúde bucal da sua família.

Biografia do Autor

Gabriela Nascimento Salles, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Mestranda em Odontologia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná/UNIOESTE, Cascavel/PR, Brasil.

Marina Berti, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Doutorado em Odontologia Preventiva e Social pela Faculdade de Odontologia de Araçatuba- FOA/UNESP.  Professora Associada da Universidade Estadual do Oeste do Paraná/UNIOESTE, Cascavel/PR, Brasil.

Daniela Pereira Lima, Universidade Estadual do Oeste do Paraná -UNIOESTE

Doutorado em Odontologia Preventiva e Social pela Faculdade de Odontologia de Araçatuba- FOA/UNESP.  Professora Adjunta da Universidade Estadual do Oeste do Paraná/UNIOESTE, Cascavel/PR, Brasil.

Mariângela Monteiro de Melo Baltazar, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR. Professora Associada da Universidade Estadual do Oeste do Paraná/UNIOESTE, Cascavel/PR, Brasil.

Brenda Rex Machado, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Graduanda do curso de Odontologia da Universidade Estadual do Oeste do Paraná/UNIOESTE, Cascavel/PR, Brasil.

Helena Pfeffer, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Mestranda em Oodontologia Universidade Estadual do Oeste do Paraná/UNIOESTE, Cascavel/PR, Brasil.

André Luiz Marçal Terreri, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Doutorado em Ciências da Saúde pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, FAMERP. Professor Adjunto da Universidade Estadual do Oeste do Paraná/UNIOESTE, Cascavel/PR, Brasil.

Referências

Addinsoft. XLSTAT 18.06 Your Data Analysis Solution. New York:Addinsoft; 2016.

American Academy of Pediatric Dentistry. Clinical guideline on baby bottle tooth decay/early childhood caries/breastfeeding/early childhood caries: unique challenges and treatment options.[Internet].[cited 2018Nov 15]. Available from: https://bit.ly/3hmYdTe

Anselmo TM, Brunson DK, Martinez ME, Christensen M, O'Connell J. Expanding School-Based Sealant Programs to Realize Treatment Cost Savings in Colorado.J DentHyg. 2007;4:88.

Arcieri RM, Garbin CAS, Santos, CA, Takano, RY, GonçalvesPE.The Influence of the motivation and of the supervised brushing in habits ofL oral hygiene in brasilian preschooler. Acta Odontol. Venez.[Internet]. 2007[citado 2019 mar 8];5(4). Disponível em: https://bit.ly/3hajEbu

Baggio MA, Berres R, Gregolin BPS, Aikes S. Implantação do Programa Saúde na Escola em Cascavel, Paraná: relato de enfermeiros.Rev Bras Enferm. 2018;71(suppl 4):1631-8.

Bardin L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70; 1994.

Bijella MFTB,Bijella VT, Figueiredo MC. Avaliação de um programa odontológico, com bases educativas, preventivas e curativa, desenvolvido com pré-escolares durante 12 meses. Cecade News.1995;3(2):1-5.

Buischi YP,Axelsson P, Siqueira TRF. Controle mecânico do biofilme dental e a prática de promoção de saúde bucal. In: Buischo, YP. Promoção de saúde bucal odontológica. São Paulo: Artes Médicas; 2000. cap. 8, p. 169-214. (Série EAP – APDC, v.22).

Carvalho FFB. A saúde vai à escola: a promoção da saúde em práticas pedagógicas. Physis. 2015;25(4):1207-27.

Casemiro JP, Fonseca ABC, Seco FVM. Promover saúde na escola: reflexões a partir de uma revisão sobre saúde escolar na América Latina. Ciênc. Saúde Colet. 2014;19(2):829-40.

Garbin C, GarbinA, Santos K, Lima D. Oral health education in schools: promoting health agents. Int J Dent Hyg. 2009 Aug;7(3):212-6.

Gomes JP. As Escolas Promotoras de Saúde: umavia para promover a saúde e a educação para a saúde da comunidade escolar. Educação. 2009;32(1):84-91.

Jenkins SR, Geurink K V. A Rural School-Based Oral Health Program. J Dent Hyg. 2006;1:26.

Kinnby CG, Palm L,Widenheim J. Evaluation of information on dental health care at child health centers: differences in educational level, attitudes, and knowledge among parents of preschool children whith different caries experience. ActaOdontol Scand. 1991;49(5): 289-95.

Kwan SL, Petersen EP, Pine CM, BoruttaA.Health-promotingschools: an opportunity for oral health Promotion. Bull World Health Organ. 2005 Sep;83(9):677-85.

Lopes IE, Nogueira JAD, Rocha DG. Eixos de ação do Programa Saúde na Escola e Promoção da Saúde: revisão integrativa. Saúde Debate 2018;42(118):773-89.

Losso EM, Tavares MC, Silva JY, Urban CA. Severe early childhood caries: an integral approach. J Pediatr. 2009;85(4):295-300.

Menezes AF. A participação da família na Promoção da saúde bucal em alunos da escola Raimundo Pimentel Gomes – CAIC, atendidos pelo PSF – CAIC, em 2002, Sobral – Ceará [Monografia]. Sobral: Universidade Estadual Vale do Acaraú, 2004.

Ministério da Educação (BR). Anuário brasileiro da educação básica 2019. São Paulo: Editora Moderna; 2019.


Ministério da Saúde (BR). A promoção da saúde no contexto escolar. Rev Saúde Pública. 2002;36(2):533-5.

Ministério da Saúde (BR). Projeto SB Brasil 2010. Pesquisa Nacional de Saúde Bucal: resultados principais. Brasília: Ministério da Saúde; 2011.

Ohara S, Kawaguchi Y, Shinada K, Sasaki Y. Evaluation of school-based dental health activities including fluoride mouth-rinsing in Hiraizumi, Japan. J Med Dent Sci, 2000;47(2):133-41.

Pankai G, Sehgal M, Mittal R. Evaluating the effectiveness of school-based dental health education program among children of different socioeconomic groups. J Indian SocPedodPrev Dent. 2005;23(3):131-3.

Peng B, Petersen PE, Tai BJ. Changes in oral health knowledge and behaviour 1987-95 among inhabitants of Wuhan City, PR China. Int Dent J 1997;47:142-7.

Petersen PE. Effectiveness of oral health care: Danish experiences. Proc Finn Dent Soc 1992;88(1-2):13-23.

Rajab LD, Petersen PE, Bakaeen G, Hamdan MA. Oral health behaviour of schoolchildren and parents in Jordan. Int. J. Paediatr. Dent. 2002;12:168-76.

Van PalensteinHelderman WH,Benzian H. Implementation of a basic package of oral care: towards a reorientation of dental NGOs and their volunteers. Int Dent J.2006;56:44-6.

World Health Organization. Ottawa charter for health Promotion. First International Conference of Health Promotion. Ottawa: WHO; 1986.

World Health Organization. Research to improve implementation and effectiveness of school healtprogrammes. In: Expert Committee on Comprehensive School Health Education and Promotion. Report of the School Working Group and the WHO. Geneva: World Health Organization; 1996.

Downloads

Publicado

2021-09-28

Como Citar

1.
Salles GN, Berti M, Lima DP, Baltazar MM de M, Machado BR, Pfeffer H, et al. Influência de escolares participantes de um programa de educação nas práticas diárias de saúde bucal em seu ambiente familiar. Semin. Cienc. Biol. Saude [Internet]. 28º de setembro de 2021 [citado 23º de junho de 2024];42(2):145-54. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/seminabio/article/view/37861

Edição

Seção

Artigos