Construtivismo, pluralismo metodológico e formação de professores para o ensino de ciências naturais

Autores

  • Marcelo de Carvalho Universidade Estadual de Londrina

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0367.2005v26n2p83

Palavras-chave:

Educação Científica, Construtivismo, Pluralismo Metodológico, Formação de Professores.

Resumo

Com base em renomados autores da área de educação científica, este trabalho procura mostrar que o ideário construtivista não é uma unanimidade no ensino de Ciências Naturais, nos âmbitos epistemológico e ontológico. Assim sendo, definiu-se como problema a ser investigado a seguinte questão: as críticas feitas pelos autores de educação científica aos pressupostos epistemológicos e ontológicos construtivistas, e às suas conseqüências pedagógicas, seria um indicador de que o conhecimento para o ensino de ciências naturais está propenso a ser oriundo não apenas de estratégias centradas no aluno, mas, sim, de um pluralismo metodológico? No sentido de dar uma resposta ao problema, traçaram-se os seguintes objetivos: 1) levantar, analisar e complementar as objeções feitas por vários autores ao construtivismo em educação científica, no campo da epistemologia, ontologia e pedagogia e, 2) de posse dessas críticas, e como conseqüência delas, propor o “pluralismo metodológico” para o ensino das ciências, tomando por base aspectos do “anarquismo epistemológico” de Paul Feyerabend. O procedimento metodológico do trabalho consistiu em: realizar uma busca dos documentos disponíveis na literatura, principalmente livros e artigos científicos e de posse desses materiais, fazer uma reflexão teórica a fim de alcançar os objetivos propostos. Como resultado fica a recomendação de uma educação científica e, principalmente, dos métodos de ensino a ela associados, não-fixos a sistemas rígidos e limitados, mas que estejam abertos à crítica e a todas as novas descobertas e experiências inovadoras da área.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Marcelo de Carvalho, Universidade Estadual de Londrina

 

Professor Assistente do Departamento de Biologia Geral da Universidade Estadual de Londrina

Downloads

Publicado

2005-12-15

Como Citar

1.
Carvalho M de. Construtivismo, pluralismo metodológico e formação de professores para o ensino de ciências naturais. Semin. Cienc. Biol. Saude [Internet]. 15º de dezembro de 2005 [citado 14º de junho de 2024];26(2):83-94. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/seminabio/article/view/3556

Edição

Seção

Artigos