O Integralismo e sua influência no anticomunismo baiano

Autores

  • Cristiano Cruz Alves Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.5433/1984-3356.2008v1n2p407

Palavras-chave:

Integralismo, imprensa baiana, anticomunismo, história política, década de 1930.

Resumo

O integralismo se caracterizou por ter sido uma força emergente nos quadros da política brasileira na década de 1930 ao mobilizar centenas de milhares de pessoas tendo como bandeiras: um tipo de nacionalismo, o reforço de valores morais religiosos e familiares, a disciplina e hierarquia, e o anticomunismo. Este último, não obstante outros elementos tenham composto o ideário integralista, foi bastante aludido na difusão das idéias do sigma, apontando as inviabilidades das propostas comunistas para a superação da crise que o mundo vivia naquela década. Neste sentido a imprensa teve um papel relevante na divulgação de noções sobre o comunismo que o caracterizavam como uma ideologia destruidora da sociedade através da incitação entre as classes e do desprezo por valores morais e religiosos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

17-10-2008

Como Citar

ALVES, C. C. O Integralismo e sua influência no anticomunismo baiano. Antíteses, [S. l.], v. 1, n. 2, p. 407–438, 2008. DOI: 10.5433/1984-3356.2008v1n2p407. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/antiteses/article/view/1859. Acesso em: 20 maio. 2024.