Narrativas armadas: a guerrilha urbana no testemunho de Alex Polari e Herbert Daniel

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/1984-3356.2013v6n11p343

Palavras-chave:

Ditadura militar, Literatura de testemunho, Alex Polari, Herbert Daniel

Resumo

Este trabalho é fruto de inquietações e reflexões acerca das possíveis relações que a História pode ter com a Literatura, na medida em que há décadas os debates têm se desenvolvido em prol da delimitação de fronteiras entre o discurso historiográfico e os textos literários e, também, do estabelecimento da Literatura como fonte para o desenvolvimento de pesquisas históricas. Pretendemos, aqui, avaliar o gênero da Literatura de Testemunho, através das obras Passagem Para o Próximo Sonho (1982), de Herbert Daniel, e Em Busca do Tesouro (1982), de Alex Polari, que consideramos essenciais para dar ênfase aos novos temas e abordagens que vêm ganhando espaço com o crescente número de trabalhos dedicados a estudar o período em que se constituiu a guerrilha urbana durante a ditadura militar brasileira. Sendo assim, o objetivo deste estudo concentra-se em analisar as representações históricas, sociais, políticas e culturais construídas pelos narradores-testemunha sobre as “esquerdas” brasileiras e o panorama guerrilheiro que se formou no pós 1968 durante o regime militar brasileiro.

Biografia do Autor

João Sinhori, Universidade Estadual de Londrina - UEL

Mestre em História Social pela Universidade Estadual de Londrina.

Downloads

Publicado

01-06-2013

Como Citar

SINHORI, João. Narrativas armadas: a guerrilha urbana no testemunho de Alex Polari e Herbert Daniel. Antíteses, [S. l.], v. 6, n. 11, p. 343–344, 2013. DOI: 10.5433/1984-3356.2013v6n11p343. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/antiteses/article/view/15606. Acesso em: 25 jun. 2024.