Da revolução à regeneração: crônicas de Machado de Assis e de Olavo Bilac sobre a Argentina

Autores

  • João Paulo Coelho de Souza Rodrigues Universidade Federal de São João del Rei - UFSJ

DOI:

https://doi.org/10.5433/1984-3356.2013v6n11p127

Palavras-chave:

Imprensa, Crônica, História política, Reforma urbana, Liberalismo

Resumo

Ao substituir Machado de Assis como principal cronista do jornal carioca Gazeta de Notícias, Olavo Bilac propôs a seus leitores uma mudança de linguagem literária. Todavia, ele manteve uma das características da crônica de outros escritores do século XIX, sobretudo de Machado de Assis, na tematização dos problemas cotidianos da cidade do Rio de Janeiro. A leitura de algumas crônicas destes dois autores permite iluminar duas interpretações distintas sobre a história argentina, sobre a realidade brasileira e sobre as relações entre Argentina e Brasil, entre a crise final do Império e as reformas urbanas do Rio de Janeiro no início do século XX.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

João Paulo Coelho de Souza Rodrigues, Universidade Federal de São João del Rei - UFSJ

Doutor em História pela Universidade Estadual de Campinas. Professor da Universidade Federal de São João Del-Rei.

Referências

AMANTE, Adriana. Poética y políticas del destierro: argentinos em Brasil e la época de Rosas. Buenos Aires: Fondo de Cultura Econômica, 2010.

ASSIS, Machado de. História de quinze dias. São Paulo: Globo, 1997a.

ASSIS, Machado de. O futuro dos argentinos. Gazeta de Notícias, Rio de Janeiro, 9 jul. 1888. p. 1

ASSIS, Machado de. Obras completas: balas de estalo e crítica. São Paulo: Globo, 1997b.

BAGGIO, Kátia Gerab. A "outra" América: a América Latina na visão dos intelectuais brasileiros das primeiras décadas republicanas. 1998. Tese (Doutorado em História) - Universidade de São Paulo, São Paulo.

BARRETO, Lima. Recordações do escrivão Isaías Caminha. São Paulo: Ática, 1984.

BENCHIMOL, Jaime Larry. Pereira passos: um Haussmann tropical (a renovação urbana da cidade do Rio de Janeiro no início do século XX). Rio de Janeiro: Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Esportes, 1992.

BlLAC, Olavo. Registro: crônicas da Belle Époque carioca. Campinas: Unicamp, 2011.

BRANT, Mario. Viagem à Argentina. 2. ed. Rio de Janeiro: Fundo Editorial AAFBB, 1982.

BUENO, Clodoaldo. Política externa da Primeira República: os anos de apogeu (de 1902 a 1918). Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2003.

CARETA. A população de Buenos Aires. Careta, Rio de Janeiro, n. 79, 1909.

CH IARAMONTE, José Carlos. Cidades, províncias, estados: origens da nação argentina (1800-1846). São Paulo: Hucitec, 2009.

CHALHOUB, Sidney. A arte de alinhavar histórias: a série "A+B" de Machado de Assis. In CHALHOUB, Sidney; NEVES, Margarida de Souza; PEREIRA, Leonardo Affonso de Miranda (Org.). História em cousas miúdas: capítulos de história social da crônica no Brasil. Campinas: Unicamp, 2005. p. 67-85.

CHALHOUB, Sidney. Cidade febril: cortiços e epidemias na corte imperial. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

DIAS, Artur. Do Rio a Buenos Aires. Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 1901.

DIMAS, Antonio. Bilac, o jornalista: crônicas. Campinas: Unicamp, 2006a. v. 1.

DIMAS, Antonio. Bilac, o jornalista: crônicas. Campinas: Unicamp, Z006b. v. 2.

DIMAS, Antonio. Bilac, o jornalista: ensaios. Campinas: Unicamp, 2006c.

GRANJA, Lúcia. A língua engenhosa: o narrador de Machado de Assis, entre a invenção da história e a citação da história. In: PEREIRA, Leonardo de Miranda Affonso; CHALHOUB, Sidney (Org.). A história contada: capítulos de história social da literatura no Brasil. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1998. p. 67-94.

LA FONTAINE, Jean de. Oeuvres de J. de la Fontaine: théatre, fables, poésies, etc. Paris: Laplace, 1877.

MARTINS FILHO, José Roberto. A marinha brasileira na era dos encouraçados, 1895-1910: tecnologia, forças armadas e política. Rio de Janeiro: FGV, 2010.

MATTOS, Ilmar Rohloff de. "Um país novo": a formação da identidade brasileira e a visão da Argentina. In: FUNDAÇÃO ALEXANDRE DE GUSMÃO. A visão do outro: seminário Brasil-Argentina. Brasília: Funag, 2000, p. 57-95.

NEEDELL, Jeffrey. Belle Époque tropical: sociedade e cultura de elite no Rio de Janeiro na virada do século. São Paulo: Companhia das Letras, 1993.

NOVE DE JULHO. Jornal do Comércio, Rio de Janeiro, 9 jul. 1888a. p. 1.

O MALHO. Em Buenos Aires: escola de recenseadores. O Malho. Rio de Janeiro, ano 5, nª 209, 1906a.

O MALHO. Em Buenos Aires: outro congresso de notáveis. O Malho. Rio de Janeiro, ano 5, nª 211, 1906b.

PEREIRA, Leonardo de Miranda Affonso. Em Buenos Aires: outro congresso de notáveis. O Malho, Rio de Janeiro, ano 5, n. 211, 1906.

PEREIRA, Leonardo de Miranda Affonso. Introdução. In: ASSIS, Machado de. História de quinze dias. Campinas: Unicamp, 2009. p. 9-57.

PREUSS, Ori. Bridging the island: Brazilian's views of Spanish America and themselves, 1865-1912. Madri: Iberoamericana, 2011.

RESENDE, Beatriz; VALENÇA, Rachei (Org.). Toda crônica: Lima Barreto. Rio de Janeiro: Agir, 2004a. v. 1.

RESENDE, Beatriz; VALENÇA, Rachei (Org.). Toda crônica: Lima Barreto. Rio de Janeiro: Agir, 2004b. v. 2.

RODRIGUES, João Paulo Coelho de Souza. A dança das cadeiras: literatura e política na Academia Brasileira de Letras (1896-1913). Campinas: Unicamp, 2001.

ROMERO, José Luis. Breve historia de la Argentina. 7. ed. Buenos Aires: Fondo de Cultura Económica, 2000.

SEVCENKO, Nicolau. Lireratura como missão: tensões sociais e criação cultural na Primeira República. São Paulo: Brasiliense, 1983.

SHUMWAY, Nicolas. A invenção da Argentina: história de uma idéia. Brasília: UnB, 2008.

SILVA, Eduardo (Org.). Ideias políticas de Quintino Bocaiuva. Brasília: Senado Federal, 1986. v.1.

SODRÉ, Nelson Werneck. História da imprensa no Brasil. Porto Alegre: EdiPUCRS, 2011.

TELEGRAMAS. Jornal do Comércio, Rio de Janeiro, 9 jul. 1888b. p. 1.

WASSERMAN, Fabio. La generación de 1837 y el proceso de construcción de la idemidad nacional argentina. Boletín deI Instituto de Historia Argentina y Americana Dr. Emilio Ravignani, Buenos Aires, n. 15, p. 7-34, 1997.

Downloads

Publicado

01-06-2013

Como Citar

RODRIGUES, J. P. C. de S. Da revolução à regeneração: crônicas de Machado de Assis e de Olavo Bilac sobre a Argentina. Antíteses, [S. l.], v. 6, n. 11, p. 127–148, 2013. DOI: 10.5433/1984-3356.2013v6n11p127. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/antiteses/article/view/15593. Acesso em: 22 maio. 2024.