Comemorações num (in)certo Eldorado: etnicidade e festas no Sul do Brasil (1980-2002)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/1984-3356.2013v6n11p149

Palavras-chave:

Cidade, Comemorações, Festas, Etnicidade, Cultura

Resumo

Existem muitas festas, nacionalmente conhecidas, desde o Sul do Brasil, que celebram motivações primeiras, como etnicidade e lugares de memória. Neste contexto, a paisagem catarinense é certamente um grande campo de análise. No presente artigo são apresentadas reflexões sobre as construções dos sentidos étnicos que se estendem sobre as celebrações coletivas postas em Santa Catarina, desde a análise dos festejos do Centenário da Colonização e da criação da Festa das Etnias em Criciúma, sul do estado, cidade e região, que até a década de 1990 celebrou as conquistas e derrotas engendradas por ação extrativista mineral, e que a fez ser reconhecida no Brasil como a capital brasileira do carvão. Esta narrativa foi possível graças ao cruzamento de fontes de diferentes tipologias: orais e documentos oficiais e escritos sugeridos pela historiografia correlata ao tema. Desta forma, foi possível perceber que as celebrações festivas fundam e transformam a paisagem sociocultural catarinense.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Emerson César Campos, Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Doutorado em História pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professor Associado da Universidade do Estado de Santa Catarina.

Referências

ALBUQUERQUE JUNIOR, Durval Muniz de. História: a arte de inventar o passado. Bauru: Edusc, 2007.

ARNS, Otilia. A semente deu bons frutos. Florianópolis: IOESC, 1985.

BURKE, Peter. (Org.). A escrita da história: novas perspectivas. São Paulo: UNESP, 1992.

DELEUZE, Gilles. Diferença e repetição. In: Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 8, n. 15, p. 3-16, 1995.

FLORES, Maria Bernadete Ramos. A Farra do boi: palavras, sentidos e ficções. Florianópolis: UFSC, 1997b.

FLORES, Maria Bernadete Ramos. OKTOBERFEST: turismo, festa e cultura na estação do chopp. Florianópolis: Letras Contemporâneas, 1997a.

HUNT, Lynn. A nova história cultural. São Paulo: Martins fontes, 1992.

JANCSÓ, Istvan; KANTOR, lris. Festa, cultura e sociabilidade na América Portuguesa. São Paulo: EDUSP, 2001. 2v.

NORA, Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Projeto História, São Paulo, v. 10, p. 7-28, dez. 1993.

POUTlGNAT, Philippe; STREIFF-FENART, Joceline. Teorias da etnicidade: seguido de grupos étnicos e suas fronteiras de Fredrik Barth. São Paulo: UNESP, 1998.

RAMOS, Maria Bernardete; SERPA, Élio; PAULO, Heloisa. O Beijo através do atlântico: o lugar do Brasil no pan-lusitanismo. Chapecó: Argos, 2001.

TEIXEIRA, José Paulo. Os donos da cidade. Florianópolis: Insular, 1996.

VEYNE, Paul. O inventário das diferenças: história e sociologia. São Paulo: Brasiliense, 1983.

Downloads

Publicado

01-06-2013

Como Citar

CAMPOS, E. C. Comemorações num (in)certo Eldorado: etnicidade e festas no Sul do Brasil (1980-2002). Antíteses, [S. l.], v. 6, n. 11, p. 149–168, 2013. DOI: 10.5433/1984-3356.2013v6n11p149. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/antiteses/article/view/10786. Acesso em: 22 maio. 2024.