Aleitamento materno: orientações recebidas no pré-natal, parto e puerpério

Autores

  • Mayara Caroline Barbieri Universidade Estadual de Londrina (UEL)
  • Luciana Olga Bercini Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Karina Jullyana de Melo Brondani Universidade Estadual de Londrina (UEL)
  • Rosângela Aparecida Pimenta Ferrari Universidade Estadual de Londrina (UEL)
  • Mauren Teresa Grubisich Mendes Tacla Universidade Estadual de Londrina (UEL)
  • Flávia Lopes Sant'anna Universidade Estadual de Londrina (UEL)

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0367.2015v36n1Suplp17

Palavras-chave:

Aleitamento materno, Desmame, Educação em saúde, Saúde da mulher.

Resumo

O objetivo do estudo foi analisar as orientações sobre amamentação dadas pelos profissionais de saúde para as mulheres no pré-natal, parto e puerpério. Estudo quantitativo, descritivo, desenvolvido na Regional Pinheiros, Maringá-PR, a partir do cadastro no SisPreNatal, no período de maio a agosto de 2009. As informações foram coletadas por meio de entrevistas em domicílio, utilizando um instrumento estruturado. Participaram da pesquisa 36 mães, sendo que, a maioria recebeu orientações sobre amamentação no pré-natal (58,3%), na maternidade (87,6%) e nas consultas de enfermagem ao recém-nascido (84,6%). A prevalência de amamentação exclusiva foi de 37,5%, mesmo com o término da licença maternidade. Ainda continua baixo o índice de amamentação exclusiva, conforme a recomendação da Organização Mundial da Saúde. Os resultados encontrados poderão contribuir para o monitoramento das ações de saúde e elaboração de novas estratégias na manutenção do aleitamento materno exclusivo.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Mayara Caroline Barbieri, Universidade Estadual de Londrina (UEL)

Enfermeira. Residente em Enfermagem em Saúde da Criança, Departamento de Enfermagem, área da Saúde Criança e do Adolescente, Centro de Ciências da Saúde, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, Paraná.

Luciana Olga Bercini, Universidade Estadual de Maringá (UEM)

Enfermeira. Doutora Professor da Universidade Estadual de Maringá-UEM. Maringá-PR

Karina Jullyana de Melo Brondani, Universidade Estadual de Londrina (UEL)

Enfermeira. Residente em Enfermagem em Saúde da Criança, Departamento de Enfermagem, área da Saúde Criança e do Adolescente, Centro de Ciências da Saúde, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, Paraná. 

Rosângela Aparecida Pimenta Ferrari, Universidade Estadual de Londrina (UEL)

Enfermeira. Doutora Professor Adjunto do Departamento de Enfermagem, área da Saúde da Criança e do Adolescente, Centro de Ciências da Saúde, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, Paraná.

Mauren Teresa Grubisich Mendes Tacla, Universidade Estadual de Londrina (UEL)

Enfermeira. Doutora Professor Adjunto do Departamento de Enfermagem, área da Saúde da Criança e do Adolescente, Centro de Ciências da Saúde, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, Paraná.

Flávia Lopes Sant'anna, Universidade Estadual de Londrina (UEL)

Enfermeira. Mestre Professor Assistente do Departamento de Enfermagem em Saúde da Criança e do Adolescente, Centro de Ciências da Saúde, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, Paraná.

Downloads

Publicado

2014-07-04

Como Citar

1.
Barbieri MC, Bercini LO, Brondani KJ de M, Ferrari RAP, Tacla MTGM, Sant’anna FL. Aleitamento materno: orientações recebidas no pré-natal, parto e puerpério. Semin. Cienc. Biol. Saude [Internet]. 4º de julho de 2014 [citado 17º de abril de 2024];36(1Supl):17-24. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/seminabio/article/view/16480