Ação in vitro do extrato cetônico da Mimosa caesalpinifolia sobre Haemonchus contortus e Trichostrongylus colubriformis

Autores

  • Danilo Rodrigues Barros Brito Instituto Federal do Maranhão
  • Livio Martins Costa Júnior Universidade Federal do Maranhão
  • João Luis Garcia Universidade Estadual de Londrina
  • Suzana Gomes Lopes Universidade Federal do Piauí
  • Giselle Cutrim de Oliveira Santos Universidade Federal do Maranhão
  • João Victor da Silva Sousa Instituto Federal do Maranhão

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0359.2017v38n4p1963

Palavras-chave:

Nematoides gastrintestinais, Caprinos, Polifenois, Tanino condensado.

Resumo

Este trabalho teve como objetivo avaliar a atividade anti-helmíntica in vitro do extrato cetônico, rico em Tanino Condensado (TC) de Mimosa caesalpinifolia (sabiá) sobre Haemonchus contortus e Trichostrongylus colubriformis. Foram coletadas folhas e caules, secas a sombra por sete dias e moídas. O pó seco das folhas e caules foi utilizado para obtenção dos extratos cetônicos e realização dos testes in vitro. Os extratos foram diluídos em acetona 5% e PBS em concentrações entre 0,25 e 2,80 mg mL-¹ para realização do teste de inibição da eclodibilidade de ovos. Fezes coletadas de caprino infectado com H. contortus (55%) e T. colubriformis (45%) foram maceradas e os ovos dos helmintos recuperados, e testes in vitro de eclodibilidade dos ovos realizados. Larvas dos nematódeos recuperadas das fezes foram utilizadas para o teste de inibição do desembainhamento larvar com os extratos de folhas, e folhas com caule de M. caesalpinifolia em concentrações de 0,6 a 1,2 mg mL-¹ com três repetições para cada concentração. O controle negativo foi realizado com PBS. Polivinilpolipirrolidona (PVPP) foi adicionado aos extratos para verificar o efeito de compostos fenólicos na atividade anti-helmíntica. No extrato cetônico de folha de M. caesalpinifolia, nas concentrações 1,0 e 2,0 mg mL-¹, foi observado uma taxa de inibição de eclodibilidade dos ovos de 80,7 e 82,3%, respectivamente. O extrato cetônico de folha com caule da M. caesalpinifolia apresentou uma taxa de inibição inferior a 75%, na concentração de 1,0 mg mL-¹. O extrato cetônico das folhas de M. caesalpinifolia inibiu 97,3 e 99,8% o desembainhamento das larvas na concentração de 0,6 e 1,2 mg mL-¹, respectivamente. Para o extrato cetônico da folha com caule, o desembainhamento larvar foi inibido em 94,3% na concentração de 1,2 mg mL-¹. Extratos da folha e folha com caule com PVPP não foram capazes de inibir o desembainhamento das larvas. Podemos afirmar que a perda cuticular está relacionada com a ação de compostos fenólicos presentes nos extratos de M. caesalpinifolia. O extrato cetônico da folha de M. caesalpinifolia inibiu a eclodibilidade dos ovos, entretanto o extrato da folha e caule apresentou eficiência inferior, demonstrando que os compostos ativos estão mais presentes nas folhas. Para a inibição do desembainhamento larvar os extratos cetônicos da M. caesalpinifolia foram eficazes na maior concentração testada. Com esses resultados, pesquisas in vivo devem ser realizadas para comprovação da atividade anti-helmíntica dessa planta em caprinos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Danilo Rodrigues Barros Brito, Instituto Federal do Maranhão

Prof. Dr., Laboratório de Sanidade Animal, Instituto Federal do Maranhão, IFMA, Campus Maracanã, São Luís, MA, Brasil.

Livio Martins Costa Júnior, Universidade Federal do Maranhão

Prof. Dr., Laboratório de Controle de Parasitos, Departamento de Patologia, Universidade Federal do Maranhão, UFMA, São Luís, MA, Brasil.

João Luis Garcia, Universidade Estadual de Londrina

Prof. Dr., Departamento de Medicina Veterinária Preventiva, Centro de Ciências Agrárias, CCA, Universidade Estadual de Londrina, UEL, Londrina, PR, Brasil.

Suzana Gomes Lopes, Universidade Federal do Piauí

Profa Dra, Curso de Licenciatura em Educação do Campo/Ciências da Natureza, Universidade Federal do Piauí, UFPI, Campus Senador Helvídio Nunes de Barros, Picos, PI, Brasil.

Giselle Cutrim de Oliveira Santos, Universidade Federal do Maranhão

Discente de Doutorado em Biotecnologia, UFMA, São Luís, MA, Brasil.

João Victor da Silva Sousa, Instituto Federal do Maranhão

Discente de Licenciatura em Ciências Agrárias, IFMA, São Luís, MA, Brasil.

Downloads

Publicado

2017-08-04

Como Citar

Brito, D. R. B., Costa Júnior, L. M., Garcia, J. L., Lopes, S. G., Santos, G. C. de O., & Sousa, J. V. da S. (2017). Ação in vitro do extrato cetônico da Mimosa caesalpinifolia sobre Haemonchus contortus e Trichostrongylus colubriformis. Semina: Ciências Agrárias, 38(4), 1963–1972. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2017v38n4p1963

Edição

Seção

Artigos