O retorno dos ancestrais: Bon Odori e ritos mortuários no Templo Budista Honpa Honganji em Londrina

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/1984-3356.2018v11n22p795

Palavras-chave:

Bon Odori, Budismo, Proselitismo, Honpa Honganji, Londrina

Resumo

O Bon Odori é um rito mortuário inerente ao Budismo japonês que, realizado durante o “Festival dos Finados”, objetiva permitir que os seres consigam transmigrar para diferentes dimensões das esferas budistas. Neste artigo, pretende-se analisar o ritual ligado ao templo budista Honpa Honganji, situado em Londrina (Paraná). Como metodologia, foram feitas observações participantes do Bon Odori no ano de 2014 e entrevistas com o monge budista local. Da perspectiva teórica, são utilizados os conceitos de campo religioso e apropriação, propostos, respectivamente, por Pierre Bourdieu e Roger Chartier. A partir disso, é sugerido que, embora constitua um rito mortuário, elementos do universo “profano”, bem como distintos atores sociais, teriam sido associados ao Bon Odori. Essa mudança seria gerada pela necessidade desse Budismo, que permanece no Brasil uma religião étnica, desenvolver estratégias de proselitismo que lhe permita angariar novos fiéis, inclusive fora do círculo de imigrantes japoneses e descendentes, para sua reprodução social.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Leonardo Henrique Luiz, Universidade Estadual de Londrina

Mestrando em História Social da Universidade Estadual de Londrina. Bolsista da Fundação Araucária.

Richard Gonçalves André, Universidade Estadual de Londrina

Doutor em História pela Universidade Estadual Paulista. Professor da Universidade Estadual de Londrina.

Referências

ALBERTI, Verena. Fontes orais: histórias dentro da história. In: PINSKY, Carla Bassanezi (org.). Fontes históricas. 3. ed. São Paulo: Contexto, 2011. p. 155-202.

ALBUQUERQUE, Leila Marrach Basto de. Seicho-no-ie do Brasil: agradecimento, obediência e salvação. São Paulo: Annablume, 1999.

ANDRÉ, Richard Gonçalves. Imigrantes curandeiros: facetas da religiosidade nipônica no Brasil (1908-1950). In: HAHN, Fábio André; MEZZOMO, Frank Antonio (org.). Nas malhas do poder: história, cultura e espaço social. Campo Mourão: Editora FECILCAM, 2011a. p. 77-100.

ANDRÉ, Richard Gonçalves. Lacunas historiográficas: uma perspectiva sobre as religiões japonesas nos eventos da ABHR e nas Jornadas sobre Alternativas Religiosas na América Latina. Revista Nures, São Paulo, n. 10, set./dez. 2008.

ANDRÉ, Richard Gonçalves. Religião e silêncio: representações e práticas mortuárias entre nikkeis em Assaí por meio da cultura material (1929-1950). 2011. Tese (Doutorado em História) – Universidade Estadual Paulista, Assis, 2011b.

ARIÈS, Phillipe. O homem diante da morte. 2. ed. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1989.

ASARI, Alice Yatiyo. “… E eu só queria voltar ao Japão”: colonos japoneses em Assai. 1992. Tese (Doutorado em Geografia) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 1992.

BENEDICT, Ruth. O crisântemo e a espada: padrões da cultura japonesa. São Paulo: Perspectiva, 1972.

BOURDIEU, Pierre. A economia das trocas simbólicas. 6. ed. São Paulo: Perspectiva, 2005.

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. 3. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2000.

BUDISMO da Terra Pura: um guia. São Paulo: Comunidade Budista Sul Americana da Escola Jodo Shinshu Honpa Hongwanji, 2013.

CHARTIER, Roger. À beira da falésia: a História entre certezas e inquietudes. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2002.

COHEN, Nissim. Ensinamentos do Buda: uma antologia do Cânone Páli. São Paulo: Devir Livraria, 2008.

DYKSTRA, Yoshiko K. Tales of the compassionate Kannon: the Hasedera Kannon Genki. Monumenta Nipponica, Tokyo, v. 31, n. 2, 1976.

ELIADE, Mircea. História das crenças e das ideias religiosas II: de Gautama Buda ao triunfo do Cristianismo. Rio de Janeiro: Zahar, 2011.

ELIADE, Mircea. O sagrado e o profano: a essência das religiões. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

ENNES, Marcelo Alario. A construção de uma identidade inacabada: nipo-brasileiros no interior do Estado de São Paulo. São Paulo: Editora Unesp, 2001.

EPSTEIN, Ron. Clearing up some misconceptions about Buddhism. Vajra Bodhi Sea: a Monthly Journal of Orthodox Buddhism, Talmage, p. 41-43, Feb. 1999.

FERGUSON, Will. De carona com Buda: o Japão de cabo a cabo. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

FUJII, Masao. Maintenance and change in Japanese traditional funerals and death-related behavior. Japanese Journal of Religious Studies, Tokyo, v. 10, n. 1, p. 39-64, 1983.

GEERTZ, Clifford. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: LTC, 2008.

GONÇALVES, Ricardo Mário. A religião no Japão na época da emigração para o Brasil e suas repercussões em nosso país. In: O JAPONÊS em São Paulo e no Brasil. São Paulo: Centro de Estudos Nipo-Brasileiros, 1971. p. 58-73.

GONÇALVES, Ricardo Mário. O Budismo: história e doutrina. In: GONÇALVES, Ricardo Mário (org.). Textos budistas e zen-budistas. São Paulo: Editora Cultrix, 1993a. p. 11-33.

GONÇALVES, Ricardo Mário. Textos budistas e zen-budistas. São Paulo: Editora Cultrix, 1993b.

HANDA, Tomoo. O imigrante japonês: história de sua vida no Brasil. São Paulo: T. A. Queiroz: Centro de Estudos Nipo-Brasileiros, 1987.

JAPAN-GUIDE. Obon festival. In: JAPAN-GUIDE. [S. l.], [2007?]. Disponível em: http://www.japan-guide.com/forum/quereadisplay.html?0+39232. Acesso em: 29 nov. 2014.

LESSER, Jeffrey. A negociação da identidade nacional: imigrantes, minorias e a luta pela etnicidade no Brasil. São Paulo: Editora Unesp 2001.

LESSER, Jeffrey. Um Brasil melhor. História, Ciências, Saúde: Manguinhos, Rio de Janeiro, v. 21, 2013.

MAESIMA, Cacilda. Japoneses, multietnicidade e conflito na fronteira: Londrina, 1930/1958. 2012. Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal Fluminense, Rio de Janeiro, 2012.

MAEYAMA, Takashi. O antepassado, o imperador e o imigrante: religião e identificação de grupo dos japoneses no Brasil rural (1908-1950). In: SAITO, Hiroshi; MAEYAMA, Takashi (org.). Assimilação e integração dos japoneses no Brasil. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1973a. p. 414-447.

MAEYAMA, Takashi. O imigrante e a religião: estudo de uma seita religiosa japonesa em São Paulo. 1967. Dissertação (Mestrado em Antropologia) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 1967.

MAEYAMA, Takashi. Religião, parentesco e as classes médias dos japoneses no Brasil urbano. In: SAITO, Hiroshi; MAEYAMA, Takashi (org.). Assimilação e integração dos japoneses no Brasil. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1973b. p. 240-272.

MARTINS, José de Souza. A morte e o morto: tempo e espaço nos ritos fúnebres da roça. In: MARTINS, José de Souza (org.). A morte e os mortos na sociedade brasileira. São Paulo: Editora Hucitec, 1983. p. 258-269.

MATSUE, Regina Yoshie. O Budismo da Terra Pura em Brasília. In: USARSKI, Frank (org.). O Budismo no Brasil. São Paulo: Editora Lorosae, 2002. p. 193-219.

MUTSURÔ, Kai. Shin kokugo jiten. Tokyo: Mitsumura Tosho, 2007.

NAKAMAKI, Hirotika. A Honmon Butsuryu-shu no Brasil. São Paulo: Religião Budista Honmon Butsuryu-shu do Brasil, 1993.

ORTIZ, Renato. A morte e sua sombra. In: MARTINS, José de Souza (org.). A morte e os mortos na sociedade brasileira. São Paulo: Editora Hucitec, 1983. p. 188-200.

REIS, João José. A morte é uma festa: ritos fúnebres e revolta popular no Brasil do século XIX. São Paulo: Companhia das Letras, 1991.

SANSOM, George Bailey. Japan: a short cultural history. Tokyo: Charles E. Tuttle, 1973.

SATO, Lilian Hissami. A imigração japonesa para o Norte do Paraná: Assaí, 1930-1980. 1999. Monografia (Especialização em História) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 1999.

SETO, Claudio; UYEDA, Maria Helena. Ayumi: caminhos percorridos. Curitiba: Imprensa Oficial do Paraná, 2002.

SOARES, Marco Antonio Neves. Fontes para a investigação das identidades e religiosidades judaicas longe do judaísmo instituído: o caso de Rolândia. Revista Brasileira de História das Religiões, Maringá, n. 4, maio 2009.

STREAMS of Light: Shin Buddhism in America. Direção: Kentaro Sugao. São Paulo: Ebisu Filmes, 2013. 1 DVD (62 min), son., color.

TAKEUCHI, Márcia Yumi. O perigo amarelo em tempos de guerra (1939-1945). São Paulo: Imprensa Oficial do Estado, 2001.

TOMAZI, Nelson Dacio. “Norte do Paraná”: histórias e fantasmagorias. Curitiba: Aos Quatro Ventos, 2000.

UNNO, Mark. Shingon refractions: Myôe and the Mantra of Light. Somerville: Wisdom Publications, 2004.

USARSKI, Frank. Declínio do budismo “amarelo” no Brasil. Tempo Social, São Paulo, v. 20, n. 2, p. 133-153, 2008.

USARSKI, Frank. O Budismo no Brasil: um resumo sistemático. In: USARSKI, Frank (org.). O Budismo no Brasil. São Paulo: Editora Lorosae, 2002. p. 9-33.

VALLADARES, Clarival do Prado. Arte e sociedade nos cemitérios brasileiros. Rio de Janeiro: Conselho Federal de Cultura, 1972. v. 1.

VAN GENNEP, Arnold. Os ritos de passagem. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 2011.

WEBER, Max. The religion of India: the sociology of Hinduism and Buddhism. Glencoe: The Free Press, 1958.

WIJAYARATNA, Mohan. Funerary rites in Japanese and other Asian Buddhist societies. Japan Review, Kyoto, n. 8, p. 105-125, 1997.

YOKOYAMA, Lia Cazumi. A conversão ao Catolicismo. 1998. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 1998.

Downloads

Publicado

30-01-2019

Como Citar

LUIZ, L. H.; ANDRÉ, R. G. O retorno dos ancestrais: Bon Odori e ritos mortuários no Templo Budista Honpa Honganji em Londrina. Antíteses, [S. l.], v. 11, n. 22, p. 795–820, 2019. DOI: 10.5433/1984-3356.2018v11n22p795. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/antiteses/article/view/32053. Acesso em: 22 maio. 2024.

Edição

Seção

Primeiros Passos