O “sono histórico” e a “maré vazante”

passado, presente e futuro em um projeto agrícola no litoral paranaense (Morretes, PR - 1970)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/1984-3356.2022v15n30p318-351

Palavras-chave:

Litoral do Paraná, História Rural, INCRA

Resumo

O artigo analisa discursos que construíram uma historicidade para o município de Morretes, localizado no litoral do Estado do Paraná, presentes no estudo intitulado “Morretes e suas Possibilidades”, publicado em 1970 pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária - INCRA. Tal estudo estava inserido no processo de reestruturação da agricultura nacional desenvolvido durante Ditadura Civil-Militar Brasileira (1964-1985). O foco de nossa análise são os discursos sobre o passado, o presente e o futuro daquela localidade, os quais projetaram intervenções para o seu desenvolvimento social, cultural e econômico.

Biografia do Autor

Marcos Nestor Stein, UNIOESTE

Possui graduação em História pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (1996), mestrado em História pela Universidade Federal de Santa Catarina (2000) e doutorado em História pela Universidade Federal de Santa Catarina (2008). Atualmente é professor dos cursos de graduação em História e do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Linha de Pesquisa Práticas Culturais e Identidades. É pesquisador associado da Rede Proprietas, sócio da ANPUH-Pr e da AHILA. 

Beatriz Anselmo Olinto, Universidade Estadual do Centro Oeste do Paraná - UNICENTRO

Doutora em História Cultural pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC, Florianópolis, SC, Brasil). Professora da Universidade Estadual do Centro Oeste (UNICENTRO), Guarapuava, PR, Brasil. Pesquisadora do INCT Proprietas: História Social da Propriedade e Direitos de Acesso.

Referências

ADAMS, Cristina. As populações caiçaras e o mito do bom selvagem: a necessidade de nova abordagem interdisciplinar. Revista de Antropologia, São Paulo, v. 43, n.1, p. 145-182, 2000. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/ra/article/view/27091. Acesso em: 20 abr. 2022. DOI: https://doi.org/10.1590/S0034-77012000000100005

BALHANA, Altiva. P.; MACHADO, Brasil P.; WESTPHALEN, Cecília. M. História do Paraná. Curitiba: Grafipar, 1969.

BALSAN, Rosane. Impactos decorrentes da modernização da agricultura brasileira. Campo e território: Revista de Geografia Agrária, Uberlândia, v. 1, n. 2, p. 123-151, ago. 2006. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/11787. Acesso em: 5 dez. 2022. DOI: https://doi.org/10.14393/RCT1211787

BASTARZ, Clarice; BIONDI, Daniela. Aplicação do método Q para a valoração da paisagem de Morretes, Paraná, Brasil, como subsídio ao planejamento do turismo. Turismo em Análise, São Paulo, v. 22, n. 3, p. 651-680, dez. 2011. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rta/article/view/14268. Acesso em: 2 ago. 2022. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.1984-4867.v22i3p651-680

BORSATTO, Ricardo Serra et al. Problemas agrários do litoral paranaense: abordagem histórica. Scientia Agraria, Curitiba, v.8, n.4, p.421-430, 2007. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/agraria/article/view/9891/8065. Acesso em: 3 dez. 2022. DOI: https://doi.org/10.5380/rsa.v8i4.9891

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Difel/Bertrand, 1989.

BOURDIEU, Pierre. Contrafogos: táticas para enfrentar a invasão neoliberal. Rio de Janeiro: Zahar, 1998.

BRASIL. Lei no 4.829, de 5 de novembro de 1965.Institucionaliza o crédito rural. Diário Oficial da União, . de 9.11.1965. Brasília, DF: 9 nov. 1965. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l4829.htm. Acesso em: 12 ago. 2022.

BRIGHETTI, Giorgio. Manual retificação de cursos d’Água. São Paulo: USP, [2022]. http://www.pha.poli.usp.br › LeArq. Acesso em: 12 ago. 2022.

ESTADES, Naína P. O litoral do Paraná: entre a riqueza natural e a pobreza social. Desenvolvimento e Meio Ambiente, Curitiba, n. 8, p. 25-41, jul./dez. 2003. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/made/article/view/22047. Acesso em: 14 jul. 2022. DOI: https://doi.org/10.5380/dma.v8i0.22047

FLEISCHFRESSER, Vanessa. Modernização tecnológica da agricultura: contrastes regionais e diferenciação social no Paraná da década de 70. Curitiba: Chain/Concitec/ Ipardes, 1988.

GIMENES, Maria Henriqueta Sperandio Garcia. Do início do turismo gastronômico em Morretes (Pr): notas introdutórias. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA, 26., 2011, São Paulo. Anais [...]. São Paulo: ANPUH, 2011. p. 1-16. Disponível em:http://www.snh2011.anpuh.org/resources/anais/14/1307752171_ARQUIVO_ DOINICIODOTURISMOGASTRONOMICOEMMORRETES.pdf. Acesso em: 9 ago. 2022.

GOMES, Mauro. Revolução Verde. In: MOTTA, Márcia (org.). Dicionário da terra. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005. p. 407-408.

HARTOG, François. Regimes de historicidade: presentismo e experiências do tempo. Belo Horizonte: Autêntica, 2015.

INDA - INSTITUTO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO. INDA Cooperativo. Curitiba: INDA, 1970. n. 3.

KAGEYAMA, Angela A.; SILVA, José G. da. Os Resultados da Modernização Agrícola dos anos 70. Estudos Econômicos, São Paulo, v. 13, n. 3, p. 537-559, set./dez. 1983. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/ee/article/view/156899. Acesso em: 19 maio 2022.

KOSELLECK, Reinhart. Futuro passado: contribuição à semântica dos tempos históricos. Rio de Janeiro: Contraponto, 2006.

KOSELLECK, Reinhart et. al. O Conceito de História. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

LACOSTE, Yves. A geografia - isso serve, em primeiro lugar, para fazer a guerra. 8. ed. Campinas: Papirus, 2004.

LEANDRO, José A. Gentes do grande mar redondo: riqueza e pobreza na comarca de Paranaguá (1850-1888). 2003. Tese (Doutorado em História) -Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2003.

LIMA, Silvio de C.; ELFES, Albert; PIRES, José O.; GERBER, Henry H. Morretes e suas possibilidades. Curitiba: INCRA, 1970.

MELLO, Sílvia B. de. O avançar dos trilhos e a construção do território no Paraná (Guarapuava,1920-1954). Revista Esboços, Florianópolis, n. 9, p. 179 - 192, 2002. Disponível em:https://periodicos.ufsc.br/index.php/esbocos/article/view/578. Acesso em: 23 jun. 2022.

MENDONÇA, Sonia. R. de. Ruralistas, técnicos e tecnologia agropecuária: a antirreforma agrária no Brasil contemporâneo. In: BOTH, Marcio; KOLING, Paulo. (org.). Terra & poder: abordagens de história agrária. Porto Alegre: FCM, 2015. v. 1, p. 11-30.

MOTTA, Márcia. A grilagem como legado. In: MOTTA, Márcia; PINEIRO, Theo Lombarinhas. Voluntariado e universo rural. Rio de Janeiro: Vício de leitura, 2001.Disponível em: http://www.direito.mppr.mp.br/arquivos/File/Politica_ Agraria/7MottaAGrilagemcomoLegado.pdf. Acesso em: 13 mar. 2022.

MOTTA, Márcia; MENDONÇA, Sônia. Modernização agrícola. In: MOTTA, Márcia (org.). Dicionário da terra. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005. p. 305-309.

NADALIN, Sérgio O. Paraná: ocupação do território, população e migrações. Curitiba: SEED, 2001.

OLINTO, Beatriz A. “Sem ilustração”: a incapacidade das populações rurais na profilaxia rural do Paraná (1916-1921). Revista Mundos do Trabalho, Florianópolis, v. 4, n. 8, p. 102-123, jul./dez. 2012. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/mundosdotrabalho/article/view/1984-9222.2012v4n8p102/24537. Acesso em: 6 dez. 2022. DOI: https://doi.org/10.5007/1984-9222.2012v4n8p102

OLIVEIRA, Ricardo Costa de. O Silêncio dos vencedores: genealogia, classe dominante e estado no Paraná. Curitiba: Moinho do Verbo, 2001.

PARANÁ. DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM. RIMA: Relatório de impacto ambiental. Faixa de infraestrutura Pontal do Paraná. Curitiba: DER/ENGEMIN, 2016.

POUTIGNAT, Philippe; STREIFF-FENART, Jocelyne. Teorias da etnicidade: seguido de grupos étnicos e suas fronteiras de Fredrik Barth. São Paulo: Unesp, 1998.

ROMEIRO, Ademar R. Meio ambiente e dinâmica de inovações na agricultura. São Paulo: Annablume, 1998.

SANTOS, Carlos R. A. dos. História da alimentação no Paraná. Curitiba: Juruá, 2007.

SERRA, Elpidio. Os primeiros processos de ocupação da terra e a organização pioneira do espaço agrário no Paraná. Boletim de Geografia, Maringá, ano 10, n. 1, p. 61-93, 1992.

SETTI, Eloy O. Cooperativismo paranaense: Ocepar 40 anos construindo o futuro. Curitiba: Ocepar, 2011.

SILVA, Marcio A. B. da; WOLFART, Cíntia; RIBEIRO, Marcos V. Aspectos da modernização da agricultura durante a ditadura civil-militar brasileira (1964-1985): vínculos, métodos e estratégias. Projeto História, São Paulo, v. 68, p. 79-112, 2020. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/revph/article/view/48242. Acesso em: 5 jul. 2022. DOI: https://doi.org/10.23925/2176-2767.2020v68p79-112

STEIN, Marcos N. Migração, meio ambiente e colonização: análise de relatório de Albert Elfes sobre a ocupação do Oeste do Paraná. In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE HISTÓRIA AMBIENTAL E MIGRAÇÕES, 1., 2010, Florianópolis. Anais[...]. Florianópolis: UFSC, 2010. p. 692-706. (CD-ROM).

STEIN, Marcos N. Imigração, colônias agrícolas e etnicidade: uma análise sobre discursos de identificação no Paraná. História: Debates e Tendências, Passo Fundo, v. 14, p. 108-123, 2014. Disponível em: http://seer.upf.br/index.php/rhdt/article/view/4169. Acesso em: 5 jul. 2022. DOI: https://doi.org/10.5335/hdtv.14n.1.4169

STEIN, Marcos N. Colonos e colônias agrícolas no Paraná nos Séculos XIX e XX. In: Congresso Internacional de História Regional, 1., 2011, Passo Fundo. Anais Eletrônicos[...]. Passo Fundo: UFP, 2011. v. 2, p. 1767-1778. Disponível em: http://historiaregional.upf.br/index.php/anais-eletronicos/2010. Acesso em: 5 jul. 2022.

SZMRECSÁNYI, Tamás. O Planejamento da agroindústria canavieira do brasil (1930-1975). São Paulo: Hucitec; Campinas: Universidade Estadual de Campinas, 1979.

Tribuna do Paraná, Curitiba, 21 jun. 2021. Disponível em: https://tribunapr.uol. com.br/noticias/parana/nao-aguentava-mais-ver-sc-virar-miami-e-o-parana-o-haiti-diz-ratinho-jr-sobre-obras-no-litoral/. Acesso em: Acesso em: 13 mar. 2022.

UTUMI, Américo et. al. A problemática cooperativista no desenvolvimento econômico. São Paulo: Artegráfica, 1973.

WACHOWICZ, Ruy C. História do Paraná. Curitiba: Gráfica Vicentina, 1995.

Downloads

Publicado

29-12-2022

Como Citar

STEIN, Marcos Nestor; OLINTO, Beatriz Anselmo. O “sono histórico” e a “maré vazante”: passado, presente e futuro em um projeto agrícola no litoral paranaense (Morretes, PR - 1970). Antíteses, [S. l.], v. 15, n. 30, p. 318–351, 2022. DOI: 10.5433/1984-3356.2022v15n30p318-351. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/antiteses/article/view/46669. Acesso em: 15 jul. 2024.