Desvendando Caminhos “Secretos”: Uma Análise Historiográfica da Espionagem Britânica Durante a Segunda Guerra Mundial

Autores

  • Raquel Anne Lima de Assis Universidade Federal do Rio de Janeiro / Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.5433/1984-3356.2021v14n27p401

Palavras-chave:

Segunda Guerra Mundial, Inteligência, Espionagem, Special Operations Executive. Historiografia.

Resumo

O objetivo deste artigo é realizar uma discussão historiográfica sobre o serviço de espionagem britânico durante a Segunda Guerra Mundial. Serão analisados trabalhos sobre a “Special Operations Executive” (SOE), agência britânica surgida em 1940. Desta forma, pretendemos identificar a perspectiva teórica, a metodologia e as fontes utilizadas em tais trabalhos, assim como observar como os autores dialogam entre si. A partir desta análise, pretendemos apresentar as lacunas que a historiografia mantém sobre o tema e levantar problemáticas que podem ser pensadas em futuras pesquisas. Serão analisados estudos publicados entre o final dos anos 1980 e o início dos anos 2000. Além disso, realizaremos um diálogo entre os autores com teóricos da área de Inteligência para entendermos como o processo de coleta e análise da informação se constituiu  a partir da Segunda Guerra Mundial.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Raquel Anne Lima de Assis, Universidade Federal do Rio de Janeiro / Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Doutoranda em História Comparada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Integrante do Grupo de Estudo do Tempo Presente (GET/UFS/CNPq). Membra do Laboratório de Pesquisas em Teoria da História e Interdisciplinaridades (LAPETHI/UFRRJ/CNPq). Ex-professora substituta da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (DH/IM). Email: raquel@getempo.org. Orientador: Dr. Dilton Cândido S. Maynard (UFS/DHI).

Referências

ANGLIM, Simon. MI(R), G(R) and British covert operations, 1939–42. Intelligence and National Security, [s. l.], v. 20, n. 4, p. 631-653, Aug. 2005.

BARNETT, Correlli (org.). Os Generais de Hitler. Rio de Janeiro: Zahar, 1990.

BLOCH, Marc. A estranha derrota. Tradução: Eliana Aguiar. Rio de Janeiro: Zahar, 2011.

CLAUSEWITZ, Carl. Da Guerra. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

FERRO, Marc. História da Segunda Guerra Mundial. São Paulo: Ática, 1995.

FOOT, Michael Richard Daniell. SOE: an outline history of the special operations executive 1940-46. London: British Broadcasting Corporation, 1984.

GOULTER‐ZERVOUDAKIS, Christina. The politicization of intelligence: the British experience in Greece, 1941–1944, Intelligence and National Security, [s. l.], v. 13, n. 1, p. 165-194, 1998.

HAFTENDORN, Helga “The security puzzle: theory-building and discipline-building International Relations”. International Studies Quarterly, Beverly Hills, v. 35, n. 1, p. 3-17, 1991.

HERMAN, Michael. Intelligence power in peace and war. Cambridge: Cambridge University, 1996.

HOBBES, Thomas. Leviatã. São Paulo: Martin Claret, 2014.

KENT, Sherman. Informações estratégicas. Tradução: Cel. Hélio Freire. Rio de Janeiro: Biblioteca do Exército Ed., 1967.

MINISTRY of Economic Warfare, Berkeley Square, w.1, 31st march, 1942. In: FORMER reference in its original department: O III/1(b). Subject: Special Operations Executive (SOE) organisation: relations between SOE and the Secret Intelligence Service (SIS). [S. l.: s. n.], 1942.

MOLANDER, Pia. Intelligence, diplomacy and the Swedish dilemma: the special operations executive in neutral Sweden, 1939–45. Intelligence and National Security, [s. l.], v. 22, n. 5, p. 72-744, 2007.

NOGAMI, Otto; RUDZIT, Gunther. Segurança e defesa nacional: conceitos básicos para uma análise. Revista Brasileira de Política Internacional, Brasília, v. 53, n. 1, p. 5-24, 2010.

O’CONNOR, Bernand. Churchill’s school for saboteuts station 17: the secret life brickendonbury manor & the ww2 assassins & saboteurs who set occupied Europe alight. [S. l.]: Amberley Publishing, 2014.

PONTES, Marcos Rosas Degaut. “O que é segurança?” Revista Brasileira de Inteligência, Brasília, n. 9, p. 9-28, maio 2015.

SHIRER, William. Ascenção e queda do terceiro reich: triunfo e consolidação. Rio de Janeiro: Agir, 2008.

S.O.E.’S relationship with S.I.S. In: FORMER reference in its original department: O III/1(b). Subject: Special Operations Executive (SOE) organisation: relations between SOE and the Secret Intelligence Service (SIS). [S. l.: s. n.], 1942.

TZU, Sun. A Arte da guerra. Tradução: Neury Lima. São Paulo: Novo Século, 2014.

WALT, Stephen M. “The renaissance of security studies”. International Studies Quarterly, Beverly Hills, v. 35, n. 2, p. 211/239, June 1991.

WALTZ, Kenneth N. O homem, o estado e a guerra: uma análise teórica. Tradução: Adail Ubirajara Sobral. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

WYLIE, Neville. Ungentlemanly warriors or unreliable diplomats? special operations executive and ‘irregular political activities’ in Europe. Intelligence and National Security, [s. l.], v. 20, n. 1, p. 98-120, 2005.

Downloads

Publicado

13-08-2021

Como Citar

LIMA DE ASSIS, R. A. Desvendando Caminhos “Secretos”: Uma Análise Historiográfica da Espionagem Britânica Durante a Segunda Guerra Mundial. Antíteses, [S. l.], v. 14, n. 27, p. 401–423, 2021. DOI: 10.5433/1984-3356.2021v14n27p401. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/antiteses/article/view/41558. Acesso em: 13 abr. 2024.