Imunidade inata e específica em plantas

Autores

  • Hércules Menezes Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0367.2009v30n2p195

Palavras-chave:

Imunidade em plantas, Imunidade comparada, Resistência sistêmica adquirida.

Resumo

Plantas e animais são capazes de reconhecer e distinguir entre estruturas moleculares próprias e não-próprias. Estudos recentes nas relações hospedeiro-parasitas têm exposto mecanismos comuns e contrastantes de resistência do hospedeiro tanto em animais como em plantas. Algumas estruturas e estratégias de defesa filogeneticamente antigas têm sido mantidas por desenvolvimento paralelo, enquanto várias outras emergiram mais recentemente durante a filogênese. Embora desprovidas de moléculas de imunoglobulina, células circulantes e processo de fagocitose, as plantas utilizam com sucesso várias defesas físicas e químicas pré-formadas, bem como induzem estratégias de imunidade adaptativa. Esta revisão apresenta a evolução recente nos estudo de aspectos de imunidade comparada, presentes em animais e as plantas.

 

 

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Hércules Menezes, Universidade de São Paulo

 

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo (1975), especialização em Jornalismo Científico pelo LABJOR – UNICAMP (2008) especialização em Formação em Psicanálise pelo Centro de Estudos Psicanalíticos (1997), especialização em Immunologie Aprofondie pelo Instituto Pasteur (1980), mestrado em Ciências Biológicas (Biologia Genética) pela Universidade de São Paulo (1981) e doutorado em Ciências Biológicas (Biologia Genética) pela Universidade de São Paulo (1985).

Downloads

Publicado

2009-12-15

Como Citar

1.
Menezes H. Imunidade inata e específica em plantas. Semin. Cienc. Biol. Saude [Internet]. 15º de dezembro de 2009 [citado 22º de abril de 2024];30(2):195-212. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/seminabio/article/view/4348

Edição

Seção

Artigos