FONTEL, E. da S. O estatuto mítico e a dimensão argumentativa em narrativas de enterro produzidas em comunidades quilombolas. Boitatá, [S. l.], v. 16, n. 32, p. 52–63, 2021. DOI: 10.5433/boitata.2021v16.e44642. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/boitata/article/view/44642. Acesso em: 16 jun. 2024.